Trabuzana!

Que diabos significa trabuzana? Os dicionários esclarecerem que se trata de uma expressão popular, feminina, com o significado de agitação violenta, de tormenta, tempestade. E também, maçada, chatice, melancolia. Trabuzana tem, então, boa serventia para explicar o fenômeno criado pela mistura de quatro elementos: Roberto Jefferson, Cristiane Brasil, Temer e PTB.

Roberto aceitou do Presidente Michel Temer, depois de ouvir a filha, o convite para que ela assuma a vaga de Ministro do Trabalho. Fez isso, em nome do PTB. Mas, Cristiane Brasil tem problemas com a Justiça Trabalhista e, certamente, sabia disso no momento do convite. Deveria, portanto, tê-lo evitado. Aos olhos da população seria um gesto nobre e, no íntimo, um movimento tático inteligente para não ficar exposta às tempestades que, com certeza, viriam após o convite. Uma tormenta que levaria de roldão Temer e o PTB.

Contudo, Cristiane Brasil aceitou. Trabuzana!

O tempo fechou, para Jefferson, para a filha, para Temer e para o PTB. Com o povo, nós, que pagamos a conta, o lado chato, maçante, de uma ópera que parece não acabar.  

Para evitar situações de grave prejuízo para a imagem dos políticos, existe a estratégia, uma ferramenta de excepcional valor, que antecipa cenários, organizar movimentos e manter no rumo certo os projetos que precisam ser vitoriosos.

Ah, se Roberto, Cristiane, Temer e o PTB trabalhassem com estratégia! Eles e o Brasil todo estaria dispensado de viver mais uma lástima.

Por Jackson Vasconcelos

Deixe um comentário