Política 28/11/2018 às 14:46

Abel Braga: Técnico ou líder?

Líder, sem dúvida. Há dois meses, ninguém apostava um centavo na conquista pelo Fluminense de uma medalha de lata. Mas, o time está aí, campeão da Taça Rio. Sem grana, com dívidas a dar com pau, sem ídolos e sem patrocínio de bom tamanho. Motivo? O time tem um líder, na cadeira de técnico. Em

Gil Castelo Branco e o Príncipe de Salina

Se você quer gente nova na Câmara dos Deputados, desista. É o que diz, de certo modo, Gil Castelo Branco, no artigo “A República de Lampedusa”, publicado no O Globo hoje. Gil dirige a Associação Contas Abertas, primeira experiência no Brasil de leitura correta das contas públicas. Ele escreve – e escreve bem – artigos

Eduardo, cara de mané

– E Maricá? – Maricá! Tô ferrado lá. Tô bem não. – Cê tá ferrado no Brasil todo. O diálogo é a melhor parte do que aconteceu com o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, em Campinas. Está num vídeo publicado na página do facebook da radical ativista Joice Hasselmann. Vale assistir. Eduardo Paes, ao sair de um

Redes sociais e a conversa fiada

O Estadão entrevistou Marcos Facó, especialista em Marketing Digital pela Universidade de Harvard, um centro que acende o coração e abre os bolsos dos candidatos no Brasil. O objetivo da entrevista está no título: “Redes sociais não têm o poder de eleger ninguém”. Tirando o fato de que o certo a escrever seria, “Redes sociais

Oportunidade perdida!!!

Por que diabos o deputado Federal Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados, não leu o discurso que usou para apresentar-se candidato à presidência da República na Convenção Nacional do partido dele? Rodrigo viveu, naquele momento, com certeza, o ápice da vida dele na política, ocasião que merecia uma senhora apresentação com registro para os

Com mais atenção, seria melhor

Foi entrevistado pelo programa Roda Viva, na semana passada, o ministro Gilberto Kassab, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Uma boa entrevista que, no entanto, teve início com uma saia justa: a dúvida das razões do ministro ter servido a dois senhores: Dilma Rousseff e Michel Temer. O moderador Augusto Nunes perguntou: “Como o senhor

Mentira é melhor?

O deputado federal Alessandro Molon trocou a Rede pelo PSB. E daí? Deputados trocarem de partido não é novidade e isso não tem importância nenhuma na vida dos eleitores. Mas, o jornal O Globo entrevistou o deputado no núcleo de uma matéria sobre a candidatura da Marina Silva. Alessandro Molon alegou ter saído pela importância

Recruta Zero será presidente

O recruta Zero está bem perto de ser presidente da República, porque descobriu cedo que televisão à disposição dos partidos, imprensa tradicional e “ter opinião formada sobre tudo” para fazer planos de governo, não são mais instrumentos exclusivos para vencer eleição. Sequer são os mais importantes. Há uma onda que entrou nas campanhas eleitorais no

A intervenção

É impossível elaborar a estratégia correta para uma campanha se a leitura dos movimentos da política for incorreta. Há uma eleição a caminho para presidente, governadores, senadores e deputados. Sabe-se que a pauta principal de campanha no Estado do Rio de Janeiro será a segurança pública. Sabe-se, também, que o partido do presidente da República