Política 15/09/2018 às 18:32
Política 29/08/2018 às 18:31

Sócio torcedor ou dizimista?

Quando a Receita Federal apertou os clubes de futebol, para receber os impostos que lhe deviam, os cartolas saíram alucinados à caça de dinheiro. Bateram aqui, bateram ali e encontraram na prateleira o programa sócio torcedor. A AMBEV vinha no rastro e percebeu a chance de fincar o pé mais fundo no ambiente. Ofereceu aos

PROFUT E APFUT?

Pela qualidade do conteúdo da Medida Provisória 671, certamente, o seu número nasceu de um “ato falho” da consciência dos burocratas, onde o “6” tem tudo para ser o início da série que numera a “Besta do Apocalipse” e o “71”, o apelido do artigo mais conhecido do Código Penal Brasileiro. A MP atende ao

Negociar sem informação é rasgar dinheiro

Os clubes andam por aí desesperados atrás de dinheiro. Querem leis que favoreçam o pagamento das dívidas, querem enfrentar a TV Globo na distribuição das cotas de transmissão, mas ainda não conseguem compreender a importância de um departamento de marketing equipado com as informações e ferramentas essenciais para a tomada de decisões e melhor retorno

Páscoa: Ação de Adílio revigora entusiasmo

Na última quarta-feira (1/04), na abertura da Semana Santa, os sócios da Estratégia & Consultoria, Carlos Eduardo Moura e Michel Cardoso, acompanharam o ídolo rubro-negro Adílio, em sua visita de rotina às crianças da Escola Municipal Santos Anjos, que fica localizada na Cruzada São Sebastião, comunidade onde o craque nasceu e foi criado.   A

É o Demônio ou é o Democratas?

Falemos um pouco de política e de história, para esquecer, por algum tempo que seja, os esportes, o futebol. Era quinta-feira, 26 de março. Entrei no elevador do prédio onde tenho a minha empresa e encontrei o Senador Agripino Maia, Presidente Nacional do Democratas. Ele, muito educado, trocou dois dedos de prosa comigo, suficientes para

Como se virar com as arenas vazias

A matéria intitulada “Brasil que se vire com as arenas vazias, diz Fifa”, publicada no último sábado, 21/03, no jornal Estado de São Paulo, causou rebuliço. A Fifa se pronunciou ao ser questionada sobre as dificuldades de se administrar os estádios construídos/reformados para a última Copa do Mundo. A Fifa apenas disse o óbvio: o

“Você é feio”. “Feio é você!” E o futebol carioca?

“A decisão de empreender a guerra deveria ser racional, no sentido de ser baseada numa avaliação de custos e lucros da guerra. A guerra deveria ser instrumental, isto é, empreendida com vistas a alcançar-se algum objetivo, e nunca por si própria; é no mesmo sentido que tanto a estratégia como as táticas devem ser dirigidas

Segura peão!

A última edição da Revista Placar, na coluna Numeralha, apresentou o ranking de técnicos mais longevos entre os 12 grandes clubes do Brasil. Somente dois ultrapassaram a marca de um ano ininterrupto de trabalho num clube: Marcelo Oliveira, com 25 meses no Cruzeiro e Muricy Ramalho, com 17 no São Paulo. Ou seja, os dez

Maracanã? Tem jeito sim

Tom Cardoso, na edição do Valor Econômico do dia 13 de janeiro de 2012, publicou “O nome dele é Maracanã”, para falar de um livro sobre Mário Filho: “Nelson era passional. Mário racional. Se o primeiro era o gênio da família Rodrigues, Mário era um homem de perfil empreendedor, visionário”. O Maracanã honraria a sua