Miscelânia

Lula.Bolso

Aumenta a evidência de estarem na disputa pela Presidência da República, no próximo ano, Jair Bolsonaro e Lula. Quem quiser derrotá-los deveria buscar exemplo nas campanhas presidenciais da Argentina em 2015 e da França este ano.

Na Argentina foi eleito um candidato moderno, com 56 anos e discursos de centro-direita, mais de centro do que de direita. Ele derrotou 12 anos de populismo e corrupção, uma mistura de Perón e Kirchner. Na França, um candidato de perfil bem parecido, mais jovem,  derrotou a candidata da extrema-direita, raivosa, com discurso envelhecido.

Com Bolsonaro e Lula na posição de favoritos, teremos o arco completo: 14 anos de populismo e corrupção representado pelo Lula e uma extrema-direita, raivosa, representada pelo Bolsonaro.

Para vencê-los, será necessário ter um candidato jovem, com discurso equilibrado, passado limpo e credibilidade absoluta para realizar o que prometer.

Certamente, este candidato ainda não apareceu e não se anuncia no PSDB. Aguardemos.  

Por Jackson Vasconcelos

Deixe um comentário