Política

Constrangimento comum

Quem faz as leis federais neste país? Os deputados federais, os senadores e o próprio Presidente da República. A resposta não teria adjetivos se o resultado de tais leis na vida de seus autores não fosse trágico e por vezes cômico, quando a gente entra em campanha. É o caso das leis que organizam e

Existe candidato honesto?

Existe candidato honesto? Existe sim e, no momento, um deles – talvez o melhor – faz sucesso no cinema. Eu fui conhecer o cara de perto, olho no olho. Gostei uma enormidade! Resolvi fazer isso no meio da noite de sábado, para me livrar das tensões provocadas por um dia inteiro de pressões de alguns

Jair deu olé!

O Jornal Nacional está de volta para o encontro com os candidatos a Presidente da República.  Toda campanha ele acontece. Nesta já foram recebidos Ciro Gomes e Jair Bolsonaro. A emissora chama o encontro de entrevista. O candidato participa de um debate, em que as regras são favoráveis aos jornalistas, William Bonner e Renata Vasconcellos.

Será o preso contra o louco? Será?

Faz tempo que desisti de prever resultados nas campanhas eleitorais. E, quando olho para as que fiz, deveria ter desistido da arte bem antes. Não que eu não tenha acertado algumas vezes, mas errei tantas outras. Meu conforto neste campo são os resultados dos institutos de pesquisa, que pecam tanto quanto eu. Eles não desistem

Entre um preso e um louco

Estamos bem perto de uma encruzilhada, onde faz-se macumbas, mata-se galinhas pretas, acendem-se velas e deixam-se oferendas para as entidades. Na encruzilhada há uma placa de sinalização: à esquerda, um presídio; à direita, um manicômio. Na direção dessa encruzilhada caminha a campanha para a presidência da república. À esquerda, Lula, com seus artifícios estratégicos para

Ficou mesmo com os políticos

O jornal O Globo, em manchete, na primeira página, dá a notícia: “Começa a campanha eleitoral mais curta e indefinida”. Fake News! A campanha deste ano nem é a mais curta, nem a mais indefinida. Ela, simplesmente, não existirá, porque tudo que pode identificar uma campanha eleitoral está proibido fazer. E quem deixar de fazer,

Alianças ou conchavos?

Geraldo Alckmin fez acordo com o que chamam de Centrão, um amontoado de partidos políticos, para ter mais tempo de propaganda política na TV. Aqui no Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Paes fez o mesmo. Geraldo Alckmin tem defendido o acordo, que a população olha com desconfiança, com o argumento de governar. Minha dúvida

Eta debatizinho ruim

Ontem, houve o primeiro debate entre os candidatos à Presidência da República. O objetivo de um debate todos acreditam que seja ajudar o eleitor a decidir. O da Band, certamente, não conseguiu, a começar pela abertura. Ricardo Boechat, moderador, informou que Lula também foi convidado, mas não compareceu impedido pela Justiça. Nada menos esclarecedor para

Que raios de eleitor é esse?

O eleitor brasileiro não é soberano. Nunca é. Para exercer alguma soberania, sobra ao eleitor a decisão de contrariar a lei que torna obrigatório o voto. Ele pode não comparecer às zonas eleitorais, mas será multado pela atitude rebelde. Decidir sobre o destino dos impostos que paga, é uma atitude impossível. Poder-se-ia dizer que há

Desastre global

O canal GloboNews noticiou, ao vivo, por vários dias, um desastre do tipo dos aéreos que para ocorrerem somam vários erros. Ele aconteceu nos estúdios do canal. Sob o título de Central das Eleições 2018, o sistema Globo reuniu a nata da casa de entrevistadores para ouvir os candidatos à Presidência da República. Participaram da