Futebol

Liga Sul-Minas-Rio x Ferj e CBF

E a briga continua. Flamengo e Fluminense numa ponta, com o apoio do América-MG, do Atlético-MG, do Atlético-PR, do Coritiba, do Cruzeiro, do Figueirense, do Grêmio e Internacional. Na outra ponta, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro com Botafogo, Vasco e outros times da cidade e do estado. Com muito medo, tangenciando o

Político, publicitário ou só jogador de futebol?

Zico vive a experiência de uma campanha eleitoral, que é um jogo de estratégias e táticas e acontece no campo da comunicação e do marketing, seja pra eleger o presidente da Fifa, deputados, governadores, presidentes da república, de clubes ou associações. Onde houver eleição, existirá uma campanha eleitoral, com o mesmo formato de qualquer outra.

Futebol e Política: Um transtorno dissociativo

Quem vive o mundo onde funcionam os clubes de futebol e os governos por certo, sabe o que é o transtorno dissociativo da identidade. Pra quem não sabe, é a existência, numa mesma pessoa, de duas personalidades, cada uma, em momentos diferentes, assumindo o controle das atitudes e do comportamento. É diferente da esquizofrenia, uma

O “rebaixamento” do Carioca

A presença do Flamengo e do Fluminense na recém-criada Liga Sul-Minas-Rio é ato de retaliação dos dois clubes à maneira como o Presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) organiza o Campeonato Estadual e se relaciona com os clubes, que participam dele. Sobre o tema, Rica Perrone escreveu “O melancólico fim do

O futebol e o mundo de ponta-cabeça

A Coca-Cola, o McDonald’s e a VISA, patrocinadores do futebol mundial pediram a renúncia do Presidente da Fifa, Joseph Blatter. Foram prontamente atendidos e muita gente aplaudiu, porque o mundo anda saturado com as afrontas que recebe das pessoas que exercem o poder na Fifa e em todo canto. Mas, o fato mostra um mundo

O futebol e os voluntaristas inconsequentes

Existirá um conceito que possa resumir o modelo de gestão dos clubes de futebol no Brasil? Entendo que sim e encontrei-o num texto do economista Antônio Delfim Netto, numa referência que ele faz à economia: “É verdade que a economia está longe de ser uma “ciência”. Mas está ainda mais longe de ser um conhecimento

A CBF funciona. Pobre Romário!

O processo que levou a CBF a realizar jogos do Campeonato Brasileiro às 11 horas mostra que é possível organizar o futebol com base mais técnica, sem superstição ou emoção à flor da pele. Antes de aplicar a novidade, a CBF resolveu testá-la sem imposição. Ouviu os clubes e os que aceitaram de pronto a ideia

R10. Gestão temerária, uma imprudência

O caso do Ronaldinho Gaúcho com o Fluminense configura ato de gestão temerária? Nos dicionários de Direito, sei lá. Mas, devem sabê-lo com convicção o presidente e o vice-presidente de Futebol do Fluminense, porque são advogados de reconhecido saber jurídico. Os demais dicionários indicam que sim, porque temerária é toda atitude imprudente, desatinada, infundada, de

Vai uma gelada antes do gol?

Se for torcer, beba! Se for beber, torça! Agora pode. Antes não podia, porque o Estado Brasileiro é petulante o suficiente para sair a meter o nariz onde não é chamado. Com o velho hábito de querer resolver os problemas pelas consequências e nunca pelas causas, os agentes do Estado, quando entenderam que a cerveja

Rock In Rio Futebol Clube

O que é um jogo de futebol? Um evento, que tanto mais espetacular, mais rentável e tanto menos, mais deficitário. A definição, se compreendida pelos presidentes dos clubes de futebol, deles faria gestores de eventos. Como os times precisam de patrocinadores, os eventos seriam de ativação das marcas de quem patrocina, com uma vantagem comparativa