Futebol

O Fluminense de Saint-Exupéry

Neste momento o Fluminense sente a dor de uma norma que disciplina as relações humanas: a arrogância cobra um preço alto e com juros dos seus discípulos quando eles atuam na política e com juros dobrados, se no futebol. No Brasil aconteceram duas copas do mundo, 1950 e 2014. O nariz empinado jogou em todas

Peter Siemsen, refém de quem?

Estou há bastante tempo distante da política do Fluminense e de qualquer outro assunto do clube, que não sejam os jogos do time, porque, embora doe a alma de alguns torcedores que estão na política de lá, permaneço torcedor do Fluminense. A minha relação profissional com o clube me fez torcedor. Antes de 2010, o

FFC: Roda, roda, roda e avisa…

FFC: “Roda, roda, roda e avisa… um minuto de comercial”.  A imprensa noticiou esta semana a saída do Coordenador ou Diretor do Departamento de Marketing do Fluminense, Marcone Barbosa. Ele ficou um ano. Antes dele, passaram por lá: Roberto, Bernardo, Carlos Eduardo, o mesmo Bernardo, novamente. Depois Michelângelo, Alexandre, Rodrigo Terra e Marcone. E, houve

Exceto…

Em novembro haverá eleições no Fluminense. Até aqui, o que temos visto? Muito jogo de empurra na direção de uma composição ampla, que é proposta, inclusive, pelo único candidato verdadeiramente de oposição, o advogado Pedro Trengrouse. A exceção está por conta do Celso Barros, que não tem poupado críticas ao presidente Peter Siemsen. Vamos ao por

Pedro Antônio, uma barbada!

A campanha para Presidente do Fluminense corre sem controle!  O jornal O Globo ocupou meia página do caderno de Esporte, com uma matéria assinada pelo Gian Amato, para abordar a proposta de alteração do Estatuto do Clube. A intenção é tornar elegível o torcedor e vice-presidente Pedro Antônio, que ainda não completou os cinco anos

CBF, jeito brasileiro de ser

Colocada sob fogo cruzado, a diretoria da CBF resolveu reformar para não cair. Criou um comitê com 17 notáveis e encomendou um trabalho, bonito na aparência, mas inócuo no contexto em que se encontra o principal produto da Confederação, o futebol brasileiro. Portanto, a contar da quinta-feira passada, durante algum tempo, 17 pessoas escolhidas a

É Framengo ou Flamengo?

A campanha para lançamento da nova camisa do Flamengo causou uma baita confusão no ambiente do futebol brasileiro durante a semana. Ela está materializada numa peça publicitária num vídeo indicado ao final. Em resumo, a campanha passa uma imagem muito negativa da torcida do Flamengo. Diz que ela é formada, exclusivamente, ou na maioria, por

De Havelange a Jérôme, passando por Siemsen

Por que África, Rússia e Catar? João Havelange escolheu há 41 anos para chegar à Presidência da Fifa quando redesenhou o colégio eleitoral. O diplomata francês e consultor de esporte Jérôme Champagne é um dos candidatos a disputar o cargo na eleição que acontecerá no dia 26 de fevereiro. A VEJA fez uma entrevista com

Entre Ronaldo e Wellington Nem há a lógica

Quando o Fluminense começou com o blá, blá, blá de contratar o Ronaldinho Gaúcho, eu, com medo de estar certo, avisei no ar, no programa de rádio Confronto Manchete, do Ronaldo Gomlevsky, que seria um erro e critiquei o Fluminense no Twitter. Não sou versado em futebol, mas fui um bom aluno de lógica nos

Está sem liga a Primeira Liga

O propósito é senhor do sucesso ou azar de qualquer projeto. Para confirmar o fato, vagueia por aí, como alma penada, a natimorta Primeira Liga/Sul-Minas-Rio de futebol. Durante a semana, o Presidente do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, colocou sobre o caixão mais uma pá de cal, quando avisou que a competição “não é rentável”